Focaccia

Costumo viajar em trabalho, manter uma alimentação equilibrada e saudável nem sempre é o mais fácil. Ou por atrasos nos voos, ou por passar muitas horas em estrada, ou por não ter opções saudáveis nos recintos de exposições (onde normalmente estou confinada algumas vezes por mais de 12h), ou pelos preços exorbitantes por uma simples refeição equilibrada de faca e garfo….. bom… isto daria pano para mangas! Tudo isto é conversa para outro post ( ou dois, ou três!).

Nos últimos dois anos, das únicas vezes que tive pena de não poder comer algo foi mesmo em Itália… pasta fresca, canolis (ui os canolis!), os araccinis e a foccacia!!!…

Não só pela minha intolerância ao gluten, mas pela filosofia de vida que temos cá em casa, o consumo de hidratos de carbono é feito de forma moderada, uns dias mais que outros, mas no equilíbrio é que está o ganho! Não se trata apenas do que fazemos numa refeição pontual, mas sim do equilíbrio diário, semanal, mensal….

…mas onde é que eu ia??!!! Ah…. a focaccia! Foi a sobremesa de ontem depois de uma bela carne estufada acompanhada por legumes.

2017-04-18 20.17.13.jpg

Ontem fiz uma focaccia sem gluten e sem lactose (se algum italiano estiver a ler isto, que não me rogue uma praga por estar a chamar “focaccia” a isto 🙂 ), posso dizer que a experiência foi bem sucedida, apreciada pelo pessoal cá de casa, pelo que partilho convosco:

Ingredientes:
25g de fermento de padeiro sem gluten
6 c. de sopa de fubá de mandioca
1 c. de café de açúcar de coco
1ch de água morna
1 ch de fubá de mandioca
1 ch de polvilho doce
4 c. sopa de azeite
1 ch de trigo sarraceno moído
Sal q.b.
Azeitonas
Alecrim
1/2 cebola roxa
Queijo gouda (naturalmente sem lactose, escolher um queijo com hidratos de carbono = a zero)


Preparação:
Numa tigela dissolver o fermento com a água e juntar as colheres de fubá e o açúcar de coco. Mexer até obter uma mistura homogénea e de aspecto leitoso. Deixar fermentar durante 15 minutos dentro de um armário, ou forno apagado.

Depois desta fermentação, a massa deve ter uma aparência espumosa.

2017-04-18 17.23.28.jpg

Ir juntando um a um os restantes ingredientes e ir envolvendo com a mão.

Deitar o preparado numa forma e deixar fermentar por 1h, num armário fechado.

Após esta fermentação, dispor na superfície, as azeitonas, o alecrim, a cebola e um fio de azeite e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 15 a 20 minutos.

Deixar arrefecer por completo sobre uma grelha. Cortar apenas quando estiver fria.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s